NOTA INFORMATIVA 05 – 24 DE MARÇO DE 2020 CORINAVÍRUS (COVID-19) DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE ALTO RIO DOCE/MG

por adm publicado 24/03/2020 22h45, última modificação 25/03/2020 07h21

 

NOTA INFORMATIVA 05 – 24 DE MARÇO DE 2020

CORONAVÍRUS (COVID-19)

A Secretaria Municipal de Saúde de Alto Rio Doce - MG, informa a toda população sobre as medidas que continuam sendo tomadas para evitar a propagação do Coronavírus (COVID – 19).

  • Decretado Calamidade Pública em decorrência a Pandemia do CORONAVIRUS (COVID-19), através do Decreto Municipal 2.675 de 23 de março de 2020, que determina a suspensão temporária dos Alvarás de Localização e Funcionamento, fechamento provisório de estabelecimentos e proibição de atividades com potencial aglomeração de pessoas para enfrentamento da situação do Coronavírus no âmbito do Município de Alto Rio Doce/MG e dá outras providências.
  • A sala de vacina estará fechada e todos os vacinadores estão em campo para vacinar os idosos em domicílios. Esta medida foi tomada devido as aglomerações de pessoas solicitando a vacinação.
  • Informamos que no município residem aproximadamente 1.200 idosos (acima de 60 anos), e nos dias 23 e 24/03 foram vacinados aproximadamente 750 idosos finalizando o estoque dedoses oferecidas e aguardamos a entrega do restante pela SRS/Barbacena  prevista para semana que vem.
  • Reforçando sobre quaisquer dúvidas entrar em contato com os números: Plantão 24 horas - (32) 99825-4146, UBS Florestal – 3345-1988, UBS Croatás – 3345-1657, UBS Abreus – 3345 – 7273, UBS Vitorinos – 3345 – 8196, Hospital – 3345-1251.

Esclarecimento

Houve diversas solicitações para a criação de“Bloqueio”,porém, essa medida restritiva de acesso ao território é uma decisão que não compete a Secretaria Municipal de Saúde e sim medidas que impliquem investigação ativa de eventuais estados de saúde que apontem quadro suspeitos de COVID-19, como aferição de temperatura e averiguação de histórico de contato suspeito efetuando o devido encaminhamento a rede de saúde se necessário, no entanto, nesse atual cenário O COMITÊ DE ENFRENTAMENTO AO COVID-19,entende ser ineficiente, pelas seguintes justificativas:

  • Iríamos empenhar as equipes de saúde da família em “barreiras” e retira-los da assistência. Com isso, prejudicaríamos as visitas domiciliares, que programamos, intensifica-las e aumentar as resolutividades básicas através da entrega de medicamentos, renovações de receitas e orientações gerais em queixas relacionadas à saúde que consequentemente evitaríamos o deslocamento até as unidades de saúde.
  • Os sintomas da Covid-19 costumam aparecer entre 5 e 16 dias após a exposição ao vírus, mas existe uma parcela de pessoas infectadas e não apresenta nenhum dos principais sintomas (febretosse seca e cansaço) durante todo o curso da doença.
  • A utilização desnecessárias deEPI’s, que no atual cenário, devemos destina-los a profissionais que estão diretamente na assistência, pois, não estamos conseguindo fornecedores para adquirir máscaras e álcool gel, por exemplo;
  • E o contato de profissionais de saúde com diversas pessoas que estão chegando ao município (mesmo que aparamentadas), poderia ser um meio de transmissão do vírus;
  • Poderíamos até identificar algumas suspeitas, mas poderíamos ao mesmo tempo, prejudicar a saúde de outras formas, como por exemplo:

“Imagine um paciente com dor no peito ou sofrendo um derrame — casos em que a rapidez de resposta é essencial para salvar vidas — hesitando em chamar o serviço de emergência por medo de adquirir o coronavírus. Ou um paciente de câncer tendo que adiar sua quimioterapia por que o hospital de referência bloqueou a entrada de pessoas de outros municípios.Imagine o estresse e a doença mental que virá — já está vindo — de termos fechado a economia, gerando desemprego em massa. O paciente que necessitar de uma transferência interhospitalar, não poderia retornar por estar “suspeito” de ter adquirido o vírus”

Nosso objetivo é uma assistência focada em proteger e isolar os que correm maior risco de morrer ou sofrer danos irreversíveis — isto é, os idosos, as pessoas com doenças crônicas e com baixa imunidade - e tratar o resto da sociedade basicamente da mesma forma que lidamos de forma de promover a saúde e prevenir os agravos.

Solicitamos, encarecidamente, que não aglomerem nos supermercados, drogarias e padarias. Sugerimos que escolham 1 familiar para realizarem as compras.

Boletim Diário

Município

Casos Suspeitos

Casos Confirmados

Casos Descartados

Alto Rio Doce

1

0

0

 

O COMITÊ DE ENFRENTAMENTO AO CORONAVÍRUS estará avaliando diariamente o cenário, para estarem instalando novas medidas preventivas de propagação da doença e atualizando toda população.

 

Desde já agradecemos pela compreensão de todos e nos colocamos a disposição para quaisquer esclarecimentos.

 

# FICA EM CASA #LAVE AS MÃOS # EVITE AGLOMERAÇÕES

 

Gustavo de Vasconcelos Fortuna

Secretário Municipal de Saúde

Alto Rio Doce- MG

error while rendering plone.comments